Coletivo de Mulheres Ana Montenegro

“A comunista é tão militante do Partido como é o comunista, com as mesmas obrigações e direitos. Nisto não pode haver nenhuma divergência. Entretanto não devemos fechar os olhos perante os fatos. O Partido deve contar com os órgãos – grupos de trabalho, comissões, seções, ou como se decida denominá-los – cuja tarefa principal consista em despertar as amplas massas femininas, vinculadas ao Partido, sobre a sua influência. Para isto é necessário, sem dúvida, que desenvolvamos plenamente, um trabalho sistemático entre essas massas femininas.”. (Lênin)

É um coletivo de mulheres que é um instrumento do movimento de massas para articular as mulheres comunistas para a luta da emancipação feminina. Seu nome é uma homenagem à Ana Montenegro (1915-2006), cearense de Quixeramobim e militante do PCB desde 1945, tendo sido a primeira mulher exilada pela Ditadura Militar.

Entendemos que a luta das mulheres é parte integrante da luta de classes.

Para conhecer melhor o coletivo: http://coletivomulheranamontenegro.blogspot.com.br/