Sindicato dos Metalúrgicos de Santos e Intersindical ocuparam Ministério do Trabalho

27/10/2012 01:41

 

Na manhã dessa quinta-feira, 25 de outubro, o Sindicato dos Siderúrgicos e Metalúrgicos de da Baixada Santista, em conjunto com a Intersindical,  realizou uma manifestação seguida de ocupação da Delegacia Regional do Trabalho no Estado de São Paulo para denunciar as péssimas condições de trabalho que provocaram a morte de 54 trabalhadores durante os anos de 1993 a 2011 na USIMINAS, em Cubatão.

Além das mortes, ferimentos, e precarizações de todas as ordens, desde agosto deste ano as demissões são constantes na USIMINAS: Já são mais de 300 trabalhadores demitidos e 10 acidentes graves no período mencionado dentro da usina. Contudo, estas catástrofes quase nunca são noticiadas, ficando a população a desconhecer a verdade que envolve a rotina de trabalho na área da siderurgia e da metalurgia.

A ocupação foi finalizada após assinatura de protocolo feita pelo superintendente da Delegacia Regional, no qual se compromete em enviar à usina uma força-tarefa para a fiscalização dos fatos ainda neste ano.